OBRIGADO MOÇA

Moça, lembro de você desde o início, as primeiras sensações… Lembro do calor do seu corpo, das batidas do seu coração. As vezes ele batia tão acelerado que se confundia com o meu. O som das suas risadas eram como o badalar convidativo dos sinos das igrejas ao chamar os seus fiéis. Lembro também doContinuar lendo “OBRIGADO MOÇA”

SAUDADES FELINAS

Por: Rosi Santos Faz 78 dias que estou longe dos bichanos da minha vida, oito ao total. Desses, quatro gatinhas são minhas e nem sei descrever o nível de saudade que estou sentindo… Dormir sem meus felinos – meus reikianos naturais – tem sido estranho, só sofro um pouco menos por conta da pós queContinuar lendo “SAUDADES FELINAS”

FINAL FELIZ

Quando eu ainda era criança ouvia muitas histórias infantis. Mesmo que durante toda a narrativa houvesse o relato de sofrimento ou dificuldades no final sempre acabava tudo bem. Com certeza o príncipe se casava com a mocinha mesmo que ela fosse a gata borralheira. Toda história terminava muito bem. Os malfeitores eram castigados e osContinuar lendo “FINAL FELIZ”

AMOR EM VÃOS

Por: Jovina GBenigno Este amor que inibido, nem alvo foi do cupido, pois já vinha concebido num peito distraído. Ignorado ferido, Solitário, desvalido, sem nenhuma esperança, tão adulto tão criança, vai e vem não se cansa. Revela-se em alternância, e mesmo sem confiança, de ser mesmo um dia Amor, é flor de mel revelado, éContinuar lendo “AMOR EM VÃOS”

ESCOLHA

Por: Alessandra Gabriel Embora não haja ninguém para amar, meu coração está anafado de amor. Por vezes ele transborda na singeleza da vida por outras se perde na dor. Dor essa ausência de ser do tamanho de si neve derretida, crisálida pele, cor… Essa ânsia de viver o que não se traduz e esse medoContinuar lendo “ESCOLHA”

FÊNIX

Por: Lidianne Monteiro Sou mil mulheres em várias vidas Em cada fase que parecia infinita, vi desmoronar sem aviso o muro das certezas Cada etapa se foi sem que se percebesse que jazia o tempo de dizer adeus De repente se foi Nem notei Nem me despedi E, sem aviso prévio nem lamento, uma vidaContinuar lendo “FÊNIX”

CARTA PARA MÃE BIOLÓGICA DA MINHA FILHA ADOTIVA

Querida amiga: Este ano resolvi escrever cartas para as pessoas, que de alguma forma fazem parte da minha vida. Você é uma dessas pessoas, que entrou na minha vida de forma radical e para sempre.Hoje é seu aniversário. Não me esqueço e nunca poderei esquecer. Você me deu uma das joias preciosas de minha família.Continuar lendo “CARTA PARA MÃE BIOLÓGICA DA MINHA FILHA ADOTIVA”