A CARTA

Oi…    Como tem sido sua vida? Me conta, mesmo que não ache importante.     Mandei arrumar o carro. Ficou bom, você tinha toda razão, estava precisando. Não entendo porquê relutei tanto.    Ainda não consegui ler os livros que me indicou, abro-os, cheiro-os e percebo que não querem ser lidos, só embalados no meuContinuar lendo “A CARTA”

CIO DA FÊMEA ALFA

Por: Elaine Resende Estava quente. Mas não era o clima ou a noite de verão. Era o meu corpo. Estava no cio. Parecia um animal selvagem, espreitando a minha presa, pronta para o ataque. Farejei atrás de suas orelhas, toquei as pontas de seus dedos com a minha língua. Meu corpo se curvava para frenteContinuar lendo “CIO DA FÊMEA ALFA”