MEIO-DIA

Por: Sônia Souza Todos os dias, na saída da Escola passava por aquela casa de vila em uma rua repleta de árvores. Dali vinha um cheiro de casa, vozes ao fundo, panela de pressão no fogo, tempero de comida fresquinha para alguém. Nunca vi nem tampouco conheci qualquer pessoa dali. Mas, naqueles não mais queContinuar lendo “MEIO-DIA”

IDENTIDADE

Por: Karina Freitas Quem sou? O que sou? Quem somos? Será que somos … Os papéis que representamos no grupo social a que fazemos parte? A profissão que escolhemos? O trabalho que nos escolheu? A forma como encaro meus desafios? Ou o sorriso que eleva meu dia? Ainda as lágrimas que derramei? Talvez seja… AContinuar lendo “IDENTIDADE”

MULHER

Por favor avisa lá nêgo. Avisa que sou filha do estupro da índia, Do trabalho escravo. Da imigração japonesa, Que sou neta de Sinhá. Avisa que sou branca, negra, azul, vermelha e amarela. Sou filha da terra também. Que brotei do ventre de terras Brasili’s Minha cultura é osmótica… Minha alvura é zica genética. AvisaContinuar lendo “MULHER”

TEIMOSIA!!!

Por: Angelica Medo! Silêncio! Dor! Por que me prender a estas palavras doentes? Por que não procurar a alegria, o riso, o amor? Por que deixar instalar-se no meu coração o desgosto antes do tempo? Mais do que nunca na hora da incerteza na hora da dúvida precisamos trazer para fora nossas memórias. Lembrar músicasContinuar lendo “TEIMOSIA!!!”

Vida de aconchego

Esperança de um tempo leve Sem rostos escondidos Esperança de poder abraçar sem medo  Uma vida de aconchego Olhar nos olhos e apertar as mãos  De conversar com os conhecidos Ver as crianças aglomeradas A correr e a brincar Saí por aí na correria sem preocupação Esse tempo nos faz sentir saudades Saudades de umaContinuar lendo Vida de aconchego

Enluarei

Sou fases, idas e vindas, ter e deixar ir Sou cheia de sonhos, alegrias, esperanças,  lembranças, abundância Nova de espírito, de possibilidades, de experiências Crescente de esperança,  conhecimento, fé Minguante de tudo que não me realiza, não me faz feliz Minguante, nova, crescente, cheia Não necessariamente nesta ordem Cresço,  sumo, brilho, acredito, apareço e meContinuar lendo “Enluarei”