Uma palavra para chamar de minha

Por: Elaine Resende Assisti esses dias a um trecho do filme Comer, rezar, amar, exatamente no ponto em que perguntam à escritora qual é a sua palavra. Ela responde de pronto: escritora. Ao que retrucam: isso é o que você faz, não quem você é. Mudei de canal 5 minutos depois, ou talvez 30, porqueContinuar lendo “Uma palavra para chamar de minha”

SALVE A LUA MULHER!

Essa semana fomos brindados por uma lua cheia cinematográfica. Senti vontade de ir para a rua, montar o tripé e colocar a câmera em longa exposição, capturando um beijo de um casal apaixonado com aquela belezura redonda e rosada ao fundo. Vários filmes me vieram à cabeça, o tempo todo somos expostos mais que cofrinhoContinuar lendo “SALVE A LUA MULHER!”