Presença

Se puder escolher um caminho em tua vida, escolha se emocionar.

Escolha a experiência que te levará para além; afora de tuas margens concretadas.

Sempre.

Para longe dos sentimentos diários e atitudes orquestradas.

Opte por aquela viagem que sonhou, muito antes de poder viajar.

Retire da estante o livro que te desafia. 

Pés no chão; sinta teu peso sobre eles. Inteiros sobre a superfície áspera, macia, fria ou quente.

Permita-se ser massageado. Massagem relaxante, tailandesa, tântrica … um carinho, qualquer.  

Caminhe até o mar como se fosse a tua primeira vez; pode ser a última.

Olhe nos olhos de teus amigos; e também nos dos estranhos, na rua.

Enxergue-os.

Perceba-se presente e refletido. Sinta a humanidade compartilhada, mais do que a categoria retórica.

Abrace teu animal, respire com ele, exista com ele/por ele.  

Ame aquele/a homem/mulher que te surpreenda e te acolha. Não o/a previsível ou especular.

O/a que te faça gargalhar, chorar, se estranhar, se arrepiar, gozar, sonhar – sem que vc tenha a mínima ideia dos porquês.

Ele/ela pode estar a teu lado, há anos, décadas … busque, na memória, o primeiro brilho no olhar. 

(Re)descubra a intimidade de ser, de estar, de amar – dois, íntegros e completos.

Ouça uma criança a contar suas estórias. Ouça, de verdade.

Sinta o perfume de tua mãe; bem de pertinho. Sinta-se renascer.  

Ao vento, entregue teus desejos, tuas lágrimas e tua solitude – respire a brisa; envolva-se no movimento do invisível. 

Em unidade, permita-se a liberdade de simplesmente ser – essência e existência.  

Encontre-se com o pulsar da vida ao amanhecer, expandindo-se; mas também ao anoitecer, retraindo-se.

Leia poesia, com o coração – mais do que com o cérebro.

Aliás, esqueça-se do latifúndio cerebral várias vezes por dia. É um favor que faz à tua alma.

E sei lá … traga-me outras opções … e me chame para partilhar tuas novas perspectivas.

Prometo me emocionar. Não será nada difícil … aprende-se, quando se dispõe, se desarma, se vive.

Publicado por Adriana Agnese

Mulher. Escutadora. Viajante. Ser humano em desfragmentação. Advogada por profissão. Psicanalista por vocação. Astróloga por paixão. Artista em construção, descobertas e estranhamentos — mergulhando fundo, e/ou voando alto, por entre plenas e autênticas experimentações da liberdade de criar e da criação libertária.

4 comentários em “Presença

  1. Oi, Adriana, parabéns. Ao ler texto tive sentimentos de várias ordens, e todas de acolhimento, desafio, imagens que me movimentam para seguir , sempre em busca do novo, da serenidade e da escuta. Obrigada! Um beijo, minha querida.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: