Sob o Sol

Um dia o filho cresce
Faz amizade
Entra na rede social
Anda de bicicleta
Conhece alguém

Um dia o filho cresce
Encontra seu próprio caminho
E vai embora

Um dia a casa cresce
Muita vida para acomodar
300 metros, 200 metros
Pra que 100?
50 é suficiente

Um dia a casa cresce
Grande demais
Vamos embora?

Um dia o passado cresce
Um rastro dos nossos passos
Tão GRANDE
Que a gente tem mais história pra contar 
que história pra viver

Um dia o passado cresce
E é a gente
que vai embora


Crédito da imagem:  Foto por Rahul em Pexels.com

Os textos representam a visão das respectivas autoras e não expressam a opinião do Sabático Literário.”

Publicado por Elaine Resende

Escritora, amante das letras, viciada em criatividade fantasiada de texto, foto, desenho, música e escultura de argila. Um dia será boa em pelo menos uma dessas coisas, mas se diverte em seguir tentando.

4 comentários em “Sob o Sol

  1. Que lindo, Elaine! O “filho” já cresceu tanto, ne? E junto com ele, você também já não é a mesma de antes. Um novo olhar para o filho grande que agora parte. Lindo texto com gosto de saudade e nostalgia.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: