Lembra?

“Tudo bem se não deu certo. Eu achei que nós chegamos tão perto”. Assim pensei, ao ouvir esse trecho da música https://www.youtube.com/watch?v=I4u0GcKa1Vc do Nenhum de Nós. E me pus a lembrar de nosso passado. Vieram tantos momentos: as viagens, a decoração do apartamento, as reuniões de família, os dias na praia… ah, os dias na praia!

Mergulhávamos juntos como dois jovens, em um amor puro, sem a menor ideia da seriedade do que estávamos fazendo. Nós queríamos curtir, namorar, viver! Nem por um segundo tivemos a menor preocupação com contas, divisão de tarefas, emprego, filhos.

Acho que sequer sabíamos o que é um boleto.

Afinal, nós éramos adolescentes. E como tais nos comportávamos. Uma adolescência cheia de planos e sonhos, de esperanças e alegrias.

E inocência, muita!

Ao começarmos a faculdade, decidimos morar juntos para economizar uma grana, e também para passar mais tempo um com o outro. Eu no Direito, você na Engenharia. O futuro era nosso e garantido. Eu seria concursada, e você trabalharia em uma multinacional. Tudo daria certo.

E assim fomos levando, levando, levando…

Até que veio a pandemia. E aquele concurso tão sonhado não chegou. Eram tempos políticos difíceis, e o estado era mais que mínimo, era micro. Acabei ficando em um escritório pequeno, tosco, defendendo laranja. E você precisou pegar qualquer emprego, pois as empresas estavam falidas.

Começamos o isolamento social tentando manter um home office feliz, pois pelo menos passaríamos ainda mais tempo juntos.

Mas com a convivência, vieram as brigas. Os ânimos ficaram mais acirrados. O tesão, foi acabando aos poucos. Entre nossas quatro paredes, longe de tudo aquilo que tanto gostávamos na rua, fomos obrigados a conhecer mais um ao outro. E isso nos revelou partes que nem imaginávamos.

E eu fiquei ali perdida no meio daquilo tudo, sem ter a menor ideia do que estava acontecendo. Afinal, não foi nada daquilo que combinamos na praia. Ou quando dormíamos juntos, e antes de fechar os olhos você me prometia “nunca vou te largar”.

E eu me agarrava àquilo como uma verdade absoluta. E de certa forma foi, porque quem decidiu sair fui eu. Estava cansada. Sem preparo psicológico e emocional nenhum para aquele momento, e decidi ir morar com uma amiga.

Um ano se passou de lá pra cá.

E até hoje, entre fotos, livros e discos que ouvíamos juntos, me pergunto: será que tomei a decisão certa? E escuto Hotel Califórnia https://www.youtube.com/watch?v=GVYdsucRUpA. E me lembro de ti. Quando debaixo do chuveiro você resolvia dar uma de cantor e eu dizia, rindo: você devia ir para o Ídolos.

“Welcome to the Hotel California, Such a lovely place, Such a lovely place, Such a lovely face”.*

Hoje, já em uma empresa maior e de volta ao presencial, mas ainda com minha máscara no rosto, tenho cinco minutos para colocar um fone no ouvido e relaxar. E eis que esbarro nessa música, que há tanto tempo não escuto, “Você vai lembrar de mim” https://www.youtube.com/watch?v=I4u0GcKa1Vc, do Nenhum de Nós. Esta que motivou todo o início desse meu belo e cafona discurso.

E me pergunto.

– Será que você ainda lembra?

***

*Bem-vindo ao Hotel Califórnia, Que lugar encantador, Que lugar encantador, Que rosto encantador

Publicado por Carol Pessôa

Jornalista, escritora e ex-atriz. Autora do livro À Beira da Vida, a venda nos sites da Amazon, Americanas, Magazine Luiza e Submarino.

3 comentários em “Lembra?

  1. Oi, Carol, nas suas memórias lembro quantos cortes ocorreram nesta pandemia. E dói, e o tempo passa e quando a gente menos espera, displicentemente lembramos. Aí, na maioria das vezes, percebemos que não cicatrizou. Parabéns! Um beijo

    Curtir

Deixe uma resposta para Jovina+GBenigno Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: