PORTÕES

Eu abri meus olhos…

Com eles, minha mente.

Horizonte em cinza…

Céu em nuvem, carregado

Trazendo inspiração.

Fechei, tranquei portões

O vento que me embala,

Sopra hoje, canta agora!

Não há mais passado

Que me sirva no presente.

A chuva que desce e dança

Me envolve e me banha

Lava corpo, peito e alma.

E minha alma se expande

Meu coração se colore…

Se preenche de luz e vida

Eu abri meus olhos…

Com eles, minha mente.

Horizonte em cinza…

.

.

(Lívia Maria – 27/12/2017)

Crédito da imagem: Foto por Lívia Maria

“Os textos representam a visão dos respectivos autores e não expressam a opinião do Sabático Literário.”

2 comentários em “PORTÕES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: