PORTAL

Por: Lidya Gois

Ela adentrou em um desses portais que te fazem viajar no tempo. Quando recobrou os sentidos, reconheceu instantaneamente a familiaridade daquele lugar. Era uma espécie de quintal que abrigava um quartinho cheio de tralhas. Tinha uma modesta plantação de bananeiras e alguns pintinhos empenhados em achar algo para beliscarem.

Ela ainda estava absorta nos cheiros e sensações, quando uma voz delicada e intrigantemente conhecida a despertou. “Venha almoçar, filha”. Não demorou muito para uma garotinha surgir saltitante do meio das plantas. Seus cabelos eram loiros e alinhadamente cacheados. Vestia uma blusa vermelha e um short com listras laranjas e amarelas. A menina passou distraída e não percebeu a presença daquela que a observava, mas esta sentiu uma ligação impressionantemente forte.

Continuou explorando o lugar e, logo que entrou na casa, teve repetidas sensações de déjà vu. A certeza de que já estivera ali ia aumentando conforme o tempo transcorria. Viu a menininha outra vez. Estavam no mesmo cômodo, quando aquela mesma voz de antes ecoou perguntando: “Lia, cadê você?” Em uníssono as duas responderam: “estou aqui.” Houve surpresa e silêncio. Em seguida, seus olhares se cruzaram e a conexão que sentiram revelou uma verdade surpreendente. Eram a mesma pessoa.


Crédito da imagem: Miguel Ary

Os textos representam a visão dos respectivos autores e não expressam a opinião do Sabático Literário.”

8 comentários em “PORTAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: