ILUSÃO

Por: Julia Quintanilha

Quem me dera poder me apaixonar
Corações nos olhos, borboletas na barriga
Agir de forma estúpida, sentir flutuar
Fazer as pazes depois de uma briga

Passei um tempo dizendo que sentia por você
Todos esses sentimentos confusos que pareciam no ar
Pareciam fortes e era natural como aprender o abc
Mas a verdade, é que eu só queria me enturmar

É irritante não gostar de ninguém quando todo mundo parece apaixonado
Achei que deveria me sentir assim também, parecia o certo
E você estava lá, e parecia que nunca me deixaria de lado

Em um certo momento, tudo pareceu verdade
O olhar fixo, a mão nervosa que segurava a minha por mais tempo do que devia
Mas você também não sabia, que pra nós dois, era tudo vaidade.


Crédito da Imagem:  Foto por Arthur Brognoli em Pexels.com

Os textos representam a visão dos respectivos autores e não expressam a opinião do Sabático Literário. ”

Publicado por Julia Quintanilha

Olá, o meu nome é Julia, e sou perdidamente apaixonada por ler e contar histórias, principalmente as que são encontradas em livros. Graças ao amor pela leitura, descobri o mundo da escrita e me tornei habitante. Espero que goste do que tenho a dizer.

2 comentários em “ILUSÃO

Deixe uma resposta para claudianagau Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: