O DISCURSO

Por: Sônia Souza

Ela se levantou e olhou a multidão

Seriam cem mil ou mais... 

De certo não estavam ali para filosofar.

A respiração suspensa e a dúvida dominando as veias.

Quem de mim começa a se apresentar? 

Um olhar de lado já define o prólogo.

De onde eu vim tem mais cem mil

Soberba insossa! 

Se tu queres me afligir 

Põe a alma a venda e reza para sumir!

Sônia Souza

Adora podcasts, ouvir cigarras no final da tarde e café.

Um comentário em “O DISCURSO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: