ESPERANÇA

Dormi até acordar, sem despertador, sem hora marcada. Só que não programar o despertador é só uma farsa que faço comigo mesma. Porque, na prática, deixo a janela e a cortina abertas para a luz do sol invadir o quarto e me despertar. Banho-me com essa luz, energizando-me e completando o trabalho das horas deContinuar lendo “ESPERANÇA”