Resenha “Fiquei Com Seu Número, Sophie Kinsella, Editora Record, 8ª ed, setembro/2012”

Poppy é uma fisioterapeuta que trabalha com mais duas amigas em uma clínica e está noiva de Magnus, um intelectual membro de uma família de acadêmicos com publicações e programas de TV.

Magnus a surpreendeu com um pedido de casamento relâmpago, após um mês de relacionamento, ao lhe dar “O Anel”, uma joia presente há três gerações em sua família, que Poppy perde em um evento num hotel com as amigas. 

Além de perder o anel de noivado, tem seu telefone roubado e todo o desenrolar da história começa no momento em que ela encontra um telefone empresarial funcionando numa lata de lixo. Inusitado? Sim! Divertido? Também.

E, por conta do tal telefone que ela encontra no lixo, uma relação com o executivo Sam Roxton se estabelece. A maior de todas as dúvidas que a autora planta em nossa mente é: você seria capaz de dividir seu celular com outra pessoa? Dar a ela acesso completo a todas as suas mensagens? É isso que Poppy e Sam fazem, compartilham um mesmo celular.

Poppy tem diversas oportunidades de sair do enrosco que se meteu, mas se afunda cada vez mais em mentiras e dissimulação. Isso porque se sente inferior, especialmente quando está com a família de Magnus, por não ter um doutorado e publicações acadêmicas. E talvez porque ela tenha um grande desejo de ser amada. 

A autora me fez rir várias vezes, suas personagens são curiosas, engraçadas, cheias de falhas de caráter e, algumas vezes, um pouco ridículas. Notou alguma semelhança com a sua própria vida? Eu vejo o tempo todo. A cena em que Poppy dança I’m a single Lady, de Beyoncé, é de rolar de rir.

Os sufocos que a personagem passa nos divertem e geram empatia. É um livro leve e fresco, excelente para quando se quer um respiro. Uma verdadeira comédia romântica, deliciosa como a gente espera que seja. Não sei como ainda não virou filme! 

Sophie Kinsella é britânica, tem mais de vinte livros publicados, e uma de suas obras mais famosas e adaptada para o cinema é Os Delírios de Consumo de Becky Bloom. 

Publicado por Elaine Resende

Escritora, amante das letras, viciada em criatividade fantasiada de texto, foto, desenho, música e escultura de argila. Um dia será boa em pelo menos uma dessas coisas, mas se diverte em seguir tentando.

2 comentários em “Resenha “Fiquei Com Seu Número, Sophie Kinsella, Editora Record, 8ª ed, setembro/2012”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: