ABRAÇO

Eu, que nunca soube me despedir…

Talvez ainda não o saiba.

Talvez não hei de saber.

Eu, que nunca deixei de dizer que te amo…

Ainda não deixo.

E nunca deixarei.

Eu, que te olhava nos olhos

e enxergava sua alma…

Ainda te olho.

Ainda te vejo.

Ainda te olharei com esse amor

que lhe transbordava o peito.

Eu, que te abraçava…

Continuo a te abraçar.

E te abraçarei…

Como “ontem” te abracei.

Como a saudade nos abraça.

Te abraçarei pra sempre.

Eu, que nunca soube me despedir…

Talvez não o saiba.

Talvez não hei de saber.

(Lívia Maria – 25/07/2020)

Crédito da imagem: Arquivo pessoal Lívia Maria

Os textos representam a visão das respectivas autoras e não expressam a opinião do Sabático Literário.”

5 comentários em “ABRAÇO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: