Revelação

Era manhã, mas não de um dia comum. Aquele era especial. Arrumei tudo com a ajuda dos meus queridos familiares e amigos. Comprei comidas variadas. Salgadinhos, confit de tomate cereja, pãezinhos, carne de caranguejo (que adoro) e outras tortas. Encomendei também doces e bolinhos para compor o banquete. A decoração estava linda. Ficou do jeito que imaginei, simples e elegante. Gosto muito de coisas assim. O bolo era pequeno, mas recebeu uma decoração especial, pois naquela tarde iria atrair a vista de todos.

O sorriso estava frouxo e me lembrava a todo instante o privilégio daquele momento. Eu sabia que não importava o desfecho, estaria feliz qualquer que fosse o resultado. Ao longo do dia me ocupei com a roupa que usaria, em como arrumaria o cabelo e escolhi um perfume suave e adocicado, perfeito para essa ocasião.

Cheguei ao local e fiquei ali parada por alguns segundos, só contemplando os detalhes.  Aproveitei para fazer uma prece de agradecimento por estar vivendo tudo aquilo. Que momento sublime, tão cheio de significados, tão pleno de vida e de amor.

Os convidados começaram a chegar com os corações repletos de expectativa. As ondas de alegria reverberavam por todo o ambiente. Ouvi os sorrisinhos das crianças correndo, os estalos dos beijos de cumprimentos e o burburinho dos que faziam aposta numa cor ou na outra.

Finalmente a hora mais esperada havia chegado! Uma leve ansiedade se apossou do meu corpo e pude sentir aquele friozinho na barriga que antecede algo bom. Em poucos segundos a grande revelação viria.

Fiquei posicionada atrás do bolo, afastei os arranjos de flores que estavam ao seu redor e, ao final da uníssona contagem regressiva, apertei a mão do meu esposo e o cortamos juntos. A cor rosa surgiu! Viva, linda! E, numa dança suave de emoções, revelou que esperamos a chegada de mais uma filha amada.

Crédito da Imagem: Pinterest

Os textos representam a visão das respectivas autoras e não expressam a opinião do Sabático Literário.”

12 comentários em “Revelação

  1. Oi, Lidya, gostei do seu texto. Enxuto, bem escrito. Fiquei com vontade de ir a essa festa, real ou fictícia. Você a descreve em detalhes. E a supresa no final, uma delícia. Parabéns! Beijo

    Curtido por 1 pessoa

    1. Lidya, um texto que vai evoluindo com os seus sentimentos, emoções e os acontecimentos. Tem movimento, vida, alegria. Vibrando com cada momento relatado. Um texto delicioso! Vejo seu olho brilhando, seu coração batendo, suas mãos tremendo nesse dia e revivendo cada momento ao escrever seu texto.

      Curtir

  2. Que bela escrita. Suave, singela, original e empolgante que nos leva a revivência de tantos momentos marcados pela a alegria da viva.
    Obrigada irmã querida.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: