CONFISSÃO

Há muito que não ando.

Vago, desvio, tropeço, corro…

Do encontro ao desencontro

Que é pra não querer chorar

Que é pra eu não me aprisionar

Que é pra eu não demonstrar…

O que há muito venho procurando

Mas eu nego! Até o fim, eu nego!

Negarei até que não o possa mais.

E já não o posso. Admito. Sim.

Há muito que não ando.

Vago, desvio, tropeço, corro…

Da chegada à despedida

Que é pra querer não querer

Que é pra eu me entristecer

Que é pra eu me desprender…

De mim e dos teus cabelos

Mas eu nego! Até o fim, eu nego!

Negarei até que não o possa mais.

E já não o posso. Admito. Sim.

.

.

Lívia Maria (20/12/2017)

Crédito da Imagem: Camila Barbosa e Carlos Bon

Os textos representam a visão das respectivas autoras e não expressam a opinião do Sabático Literário

Um comentário em “CONFISSÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: