AMOR

Por: Carol Pessôa

Amor
Confunde-se com ódio 
É um querer além de si
Combina afeto e controle
Atração e desatino

Amor 
Tem a ver com desespero pelo outro
Com um preocupar-se acima do possível 
Uma mistura de saúde e doença 
Dias de alegria, dias de desavença 

Amor
É um esperar a troca
Mas se despir da vaidade
Aceitando a verdade 
Que muitas vezes vai, e não volta 

Amor
Tem certa leveza
Tem certo ciúme 
Tem certa incerteza
Tem certo costume

Amor
Encontrei-o
na noite sombria,
Nos vincos de teu rosto
nos pesadelos, indisposto
((Te vejo 
Pela manhã 
Alívio))

Crédito da Imagem: Foto por How Far From Home em Pexels.com

Os textos representam a visão das respectivas autoras e não expressam a opinião do Sabático Literário.”

Publicado por Carol Pessôa

Jornalista, escritora e ex-atriz. Autora do livro À Beira da Vida, a venda nos sites da Amazon, Americanas, Magazine Luiza e Submarino.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: