Atenção Plena

Nesses últimos tempos, estou na vibe da atenção plena. Atendendo às necessidades do meu ser, após inúmeras mudanças, acredito piamente que esta prática pode realmente nos ajudar a driblar a ansiedade e o desassossego.

Descobrindo a nova mulher que me tornei, de 10 meses pra cá, busquei inúmeros conhecimentos: xamanismo, umbanda (antiga paixão), cachimbo sagrado, medicinas da floresta, tabaco sagrado…e a prática do mindfulness também.

Fui muito relutante, a princípio, pela modinha de coaches que tomou conta do mundo, mas, participando de uma banca de trabalho de conclusão de curso de psicologia, percebi no trabalho e na fundamentação teórica utilizada pela aluna, que a atenção plena poderia, realmente, ser uma boa ferramenta contra ansiedade e a favor do autoconhecimento.

Gente, não é tão simples assim!!!!!

Tudo bem que comecei há pouco tempo, porém, nunca pensei que seria tão desafiador.

Darei um exemplo prático: hoje mesmo, fiz um café, sentei no sofá e me propus a apenas tomar o café

Ha ha ha!!! Doce ilusão …

Prestei atenção nos ruídos que meu filho fazia no quarto, questionei se havia fechado a janela do escritório pois começava uma chuva torrencial, coloquei a mão no celular três vezes (no automático), elaborei uma breve teoria sobre a atenção plena em minha mente, pensei no planejamento alimentar da semana e, por fim, gerei o início deste texto que você lê agora.

E olha que era só um espresso…

Conseguiu entender?

Bem parecido com o início da prática de meditação descrito com toda perfeição em uma cena do filme Comer Rezar Amar.

A prática da atenção plena coloca-se como um desafio para mim; mas como boa filha de Ogum, vou desbravando os caminhos e seguindo confiante na evolução como ser humano.

Deixo a você o convite: experimente também! Apesar do desafio é transformador.

Próximo passo?

Escuta ativa.

Crédito da Imagem: Pexels

Os textos representam a visão dos respectivos autores e não expressam a opinião do Sabático Literário.”

Publicado por claudianagau

Filha, mãe, professora, psicanalista em formação. Apaixonada pela vida, pelos amanheceres, pela lua, por livros, café, charuto e cachimbo. De riso fácil e amiga sincera. Direta até demais. Amante das histórias de mulheres e sobre mulheres e tudo que fale da mulher selvagem, da ancestralidade, do inconsciente coletivo.

5 comentários em “Atenção Plena

    1. A atenção plena é mesmo um grande desafio. Principalmente para as mentes que treinamos (às vezes sem querer) na tentativa vã de queremos dar conta desse mundo frenetico! Ótima reflexão!

      Curtir

      1. É bom ler e “ouvir” que na essência compartilhamos de necessidades e desafios. Fomos estimuladas a ser multitarefa. Atenção plena é dizer “sim” pra 1 coisa e dizer não pra todo o resto. E como é difícil, desafiador, sem sentir culpa e incapaz. Mas é libertador. Sigamos tentando.

        Curtir

  1. Em um mundo onde somos bombardeados por informações o dia inteiro, recebendo notificações do celular a cada minuto a atenção plena é um desafio e um luxo que vale muito a pena!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: